Show O canto das Mulheres presta homenagem ao Dia Internacional da Mulher e lança projeto da III Edição da Felisquié

No próximo 8 de março, Dia Internacional da Mulher, vai ser lançado o projeto da III Edição da Festa Literária Internacional do Sertão de Jequié – Felisquié com o show O Canto das Mulheres, dedicado à luta pela emancipação feminina.
O espetáculo que será realizado a partir das 19h30 no Auditório Waly Salomão da Uesb – Campus de Jequié reunirá artistas mulheres que cantarão e declamarão poesias. Já estão confirmadas para participar do evento as cantoras Iana e Thainy, Tânia Valverde, Brena Lima, Kátia e Sueli Morbeck Érica Melo, Mãe Landa e as filhas de santo do Terreiro de Candomblé Ilê Axé Horomila e as poetas Pablime Bomfim e Gessica Santos e Mariana Lima.
Na oportunidade será lançado o projeto da III Edição da Festa Literária Internacional do Sertão de Jequié – Felisquié, que conta com apoio do Fundo Estadual de Cultura através do Edital de Literatura da Funceb.
A Felisquié será realizada entre os dias 2 e 4 de junho deste ano, mas durante todo este semestre ocorrerão diversas atividades como oficinas literárias, rodas com mediação de leitura, um encontro de contadores de histórias dia 1 de abril, e para abrir esta série de ações este show que faz reverência às mulheres.
A III edição Felisquié de acordo com o curador do evento, o escritor Domingos Ailton, contará com nomes expressivos da literatura e de outras linguagens artísticas. Já confirmaram participação o crítico literário Eduardo Coutinho, a atriz Ingrid Liberato, os poetas Antônio Cícero e Salgado Maranhão, os cineastas Alba e Chico Liberato, o historiador e quadrinista Sávio Roz e o cantor Danilo Caymmi, que além de realizar uma palestra sobre Tom Jobim (homenageado pelos 90 anos de nascimento), fará um show com músicas do maestro autor de Garota de Ipanema. “Outras homenagens serão feitas a nomes que contribuíram para o desenvolvimento literário e cultural da região de Jequié, da Bahia e do Brasil, a exemplo de Maria Lúcia Martins, Stela Câmara Dubois, Lindolfo Rocha, Carolina Maria de Jesus e Rodolfo Coelho Cavalcante e aos 50 anos do Tropicalismo”, destaca Domingos Ailton acrescentando que a festar literária terá feira e lançamentos de livros, exposições, palestras, oficinas e exibições de filmes e o tema dessa edição é “O cangaço na Literatura de Cordel: do sertão para o mundo”, devendo contar também com participação de cordelistas e estudiosos do cangaço.
Ascom da Felisquié.

Deixe um comentário